Mãe Sem Frescura | %tag%

Nossos Destaques

Preciso Ficar Sozinha! Reflexão Materna

Preciso Ficar Sozinha! Reflexão Materna

Você já disse esta frase?
solidão é o melhor remédio?
Mãe também precisa ficar sozinha?

Mãe Sem Frescura - Preciso Ficar Sozinha - Reflexão materna1


Tenho certeza que já tenha dito a frase “Preciso Ficar Sozinha!” no mínimo uma vez na vida, embora eu já tenha dito várias vezes. Muitos assemelham o termo “ficar sozinha” com “solidão”. Para mim, o primeiro termo remete a momentos que escolhemos para simplesmente ficarmos com os nossos pensamentos, ouvir uma música ou olhar para o horizonte; já a “solidão” considero um termo mais sombrio, onde a pessoa escolhe se afundar nas mágoas e nos problemas. Qual caminho você já escolheu? 

Nestas últimas semanas, passei por momentos de reflexão, pensando na minha vida, nas minhas escolhas e no que quero para o futuro. Desde que me tornei mãe, isso ficou cada vez mais visível, pensando sempre no bem estar principalmente da minha família. A vida é feita de escolhas e precisamos estar com a cabeça no lugar para fazê-las, onde cada caminho escolhido pode ter conseqüências positivas e negativas.

Estava deprimida? Não! Entretanto, estou me mexendo (não consigo ficar parada esperando as coisas acontecerem) para pensar na melhor alternativa, porque temos sempre que seguir além da razão a nossa intuição e fazer as melhores escolhas. Não sou do tipo de pessoa que se afoga nas mágoas ou problemas, simplesmente gosto de “ficar sozinha” para colocar os meus pensamentos no lugar e analisar cada detalhe para que tudo fique mais fácil de entender.

A maternidade e maturidade me mostraram que o mundo não é tão cor de rosa quanto eu queria que fosse para o meu filho, e sim, temos desafios, escolhas e precisamos optar pelo melhor caminho a seguir. Penso na violência e no mundo a minha volta.

Aí, você que está lendo este texto se pergunta: Aconteceu alguma coisa? Eu respondo: Não! Nada aconteceu, simplesmente estou pensativa, analisando as pessoas e vendo o quanto estão dispostas a passar por cima das outras, o alto índice de desonestidade, a falta de respeito tanto com o indivíduo quanto o meio ambiente estão cada vez mais presentes. Que mundo deixaremos para os nossos filhos?

Somos o exemplo para as crianças, não só com palavras, mas também com atitudes (confira aqui). Temos que praticar o que é certo e ensinar isso aos nossos filhos. O mundo é desta nova geração! 

Vamos fazer a nossa parte?
Vamos ser, praticar e ensinar o que é correto?
Vamos todos juntos lutar por um mundo melhor?

Se cada um fizer a sua parte, todos juntos mudamos o mundo.

Gostou da reflexão?! 
Curta, compartilhe e vamos todos juntos mudar o mundo!

Priscila Casimiro
Mãe Sem Frescura

Fonte Foto: palavraemvao.blogspot.com

Apaixonada pela sua família e por corridas, vive intensamente a rotina de mãe que trabalha fora, reforçando o conceito do equilíbrio entre a vida pessoal e profissional.

Tal Pai, Tal Filho?! Será que os filhos são reflexo dos pais?!

Tal Pai, Tal Filho?! Será que os filhos são reflexo dos pais?!

Tal pai, tal filho?
Será que os filhos são reflexo dos pais?

Mãe Sem Frescura - Filhos são reflexo dos pais - Tal pai Tal filho
fonte: http://www.maniadecasal.com.br/

Muitos dizem esta frase e faz muito sentido, pois são os pais são os responsáveis por dar bons exemplos aos filhos. Não só em palavras, mas também em atitudes.

As crianças criam hábitos de acordo com o que vêem ou aprendem, por isso, muito se fala em dar um “bom exemplo”. Mas, o que é um “bom exemplo” para você?!

Um “bom exemplo” é aquele que é dado de forma falada e também com atitude. O que adianta os pais falarem para o seu filho ser honesto se quando, por exemplo, a conta do restaurante vem a menor não reclamam e simplesmente saem do estabelecimento sem pagar o que foi consumido.

Dar o exemplo é explicar para os filhos o que é certo ou errado, ou seja, é explicar ao filho que o honesto é fazer o certo, é reclamar, por exemplo, quando a conta do restaurante está a maior ou menor.

Tive algumas experiências na minha vida com pessoas desonestas, e por isso, tive a oportunidade de aprender e perceber que é preciso fazer o certo, não só para mostrar ao meu filho, mas também para a minha própria consciência.

Os valores são passados de pais para filhos. As crianças estão muito atentas as nossas atitudes e repetem o que fazemos. É importante ressaltar que as crianças também tem a sua personalidade, mas são os pais os responsáveis por guiá-los e repassar os valores necessários para que tenham um futuro brilhante e construam um mundo melhor.

As crianças são o futuro!!!

 

Apaixonada pela sua família e por corridas, vive intensamente a rotina de mãe que trabalha fora, reforçando o conceito do equilíbrio entre a vida pessoal e profissional.