Inspiração TOP – Maratonista, Contadora e Mãe | Essa é Valery Mello

Sabe aquela inspiração que precisamos para começar e continuar a praticar atividade física? Então temos a super entrevista com Valery Mello ( @valery_mello ) que é mãe, contadora e maratonista, atraindo mais de 84 mil pessoas em seu perfil no Instagram com dicas para uma vida mais saudável por meio da corrida, musculação, natação e alimentação equilibrada.

Inspiração TOP - Maratonista, Contadora e Mãe Entrevista com Valery Mello - blog Mãe Sem Frescura @valerymello

Valery Mello, na verdade é Valéria, tem 35 anos, casada há 13 anos, mãe da Duda de 7 anos e contadora. Na gravidez engordou 20kg e mesmo após o parto em 2009 estava 6kg acima do peso. Com uma barriga sem músculos, Valery resolveu que precisava mudar este cenário. Ela conquistou mais do que um corpo bonito e saudável, já completou 5 maratonas com recorde pessoal de 3h:14m, diversas meias maratonas e pódios em corridas grandes.

Conheça Valery Mello mais a fundo, sua rotina, suas dificuldades, seus objetivos e planos. Veja nesta entrevista exclusiva do blog Mãe Sem Frescura.

 

1) Você é mãe, mulher, esposa, trabalha fora e ainda é atleta. Como é conciliar tudo isso? Como é a sua rotina?

“Puxada! rs.. Eu costumo dizer que giro pratinhos”, conta Valery Mello. “Tento manter todos os pratos girando em equilíbrio e em constante movimento. Pra mim, o único prato que não me perdoaria em deixar cair e quebrar é o da família. Mas alguns são importantes também, como o trabalho e o esporte. É claro que algo sempre fica para trás e atualmente tenho sentido falta dos cuidados de mulher. Fazer a unha, cabelo, uma simples hidratação… Com a rotina pesada, acabei relaxando um pouco. Mas sempre é tempo de mudar.”

inspiracao-top-maratonista-contadora-e-mae-entrevista-com-valery-mello-blog-mae-sem-frescura-duda

2) O apoio da família é fundamental para qualquer conquista. No início foi difícil para eles entenderem a sua nova meta?

“Sim e ainda é”, Valery relata com amor. “Meu marido e filha me acompanham quando podem, mas este ano por exemplo, corri duas maratonas fora do país e não pude levá-los. Como os treinos foram muito intensos, eles sentiram um pouco. Mas são fases e hoje já procuro estar mais presente.”

inspiracao-top-maratonista-contadora-e-mae-entrevista-com-valery-mello-blog-mae-sem-frescura-apoio-da-familia

3) Casamos, nos tornamos mães e chegamos nos 30, olhamos para o nosso corpo e percebemos que podemos melhorá-lo. Como foi tomar essa decisão radical? Você imaginava que tinha talento para a corrida?

“Eu? Nenhum! Sempre gostei e pratiquei esportes, mas nunca segui uma rotina”, conta a atleta. “Treinava no máximo 4 vezes na semana e nunca segui uma dieta por mais de uma semana. Então pra mim é tudo novidade”.

inspiracao-top-maratonista-contadora-e-mae-entrevista-com-valery-mello-blog-mae-sem-frescura-antes-e-depois

4) Como já comentou no seu perfil, a sua infância foi repleta de doces e refrigerantes, embora sempre tenha praticado exercícios físicos. Como é a sua alimentação hoje? No começo foi mais difícil?

“Eu sou viciada em coca-cola, amanditas e salgadinhos. Se pudesse comeria todos os dias!”, lembrando do seu vício desde a infância. “Acontece que hoje, com 35 anos, se não seguir uma dieta com os nutrientes que preciso, não consigo manter meu corpo e muito menos os meus treinos, que são bem fortes e intensos.”

inspiracao-top-maratonista-contadora-e-mae-entrevista-com-valery-mello-blog-mae-sem-frescura-alimentacao-saudavel

5) Correr é a sua paixão. O que é a corrida para você?

“É meu remédio”, relata Valery Mello com empolgação. “Conheço muitas pessoas em depressão, ou que não sabem o que estão fazendo de suas vidas, ou que nada as faz felizes. Hoje eu sinto que tenho um propósito e isso é algo bem pessoal. Eu sei onde quero chegar e já conquistei algumas coisas que eram apenas sonhos, como viajar para Chicago e correr uma maratona como atleta da Nike. Mas obviamente não é isso que me faz levantar todos os dias e treinar, o prazer que sinto em concluir um bom treino me manter sempre tranquila.”

inspiracao-top-maratonista-contadora-e-mae-entrevista-com-valery-mello-blog-mae-sem-frescura-maratona-de-chicago-2

6) No começo a sua meta era correr e depois melhorar o seu tempo. Imaginava que toda a sua determinação resultaria em inúmeras conquistas pessoais e até mesmo em troféus? Como é concluir uma prova e ainda subir no pódio?

“Não! As primeiras vezes que subi no pódio, achei incrível! Hoje já não brigo mais por pódios em provas menores, busco provas maiores como maratonas e um dia completar todas as majors (as maiores maratonas do mundo: Boston, Chicago, Nova York, Berlin, Londres e Tokyo. Já completei Boston e Chicago)”, conta com animação e foco. “Nunca receberei um troféu em qualquer uma delas, mas busco o meu melhor e em meio a milhares de atletas, me sinto uma também.”

inspiracao-top-maratonista-contadora-e-mae-entrevista-com-valery-mello-blog-mae-sem-frescura-maratona-de-chicago

7) Participar e concluir uma maratona é um grande desafio que exige muito treino e dedicação. Como foi sua preparação para as maratonas de Boston e Chicago?

“Em Boston o desafio foi vencer todos os meus medos. Meu marido estava desempregado, veio trabalhar comigo, mudamos o nosso escritório de contabilidade para São Bernardo, onde eu moro e eu não sabia se conseguiria pagar todas as contas”, Valery lembrando de seus momentos difíceis. “No dia que o nosso plano de saúde acabou, eu chorei muito e me senti uma perdedora. Nunca havia ficado sem cobertura e me senti muito sozinha. No dia seguinte, na planilha tinha 30 km pra correr. Engolia o choro e completava a planilha. No final, sempre me sentia mais forte e pensava: – Viu? Ninguém morreu! Você está bem, Deus está cuidando de tudo, faça sua parte que tudo vai dar certo. – E sempre dava.”

“Não consegui concluir no tempo que desejava, terminei em 3h37m, mas aproveitei cada segundo e conheci Boston e Nova York”, ressalta com empolgação sobre completar uma de suas metas.

“Recebi o convite para correr Chicago faltando dois meses para a prova. Tinha voltado de Boston há 3 meses e estava treinando para terminar uma meia maratona entre as vinte primeiras mulheres, então foi só continuar. Meu treinador me acompanhou de perto e me convidou para ir treinar na academia onde ele treinava e dava aulas. O problema é que os treinos iniciavam às 5:30 da manhã. Também incluímos natação, além da corrida, musculação e bike”, conta a atleta.

inspiracao-top-maratonista-contadora-e-mae-entrevista-com-valery-mello-blog-mae-sem-frescura-maratona-de-boston

8) Como é inspirar e receber o carinho dos seus seguidores?

“Puxa… Quem sou eu? Sou apenas uma pessoa comum, que compartilha os sonhos e com isso, ganhei grandes amigos, que torcem de coração por mim. Como não sentir-se grata?

Sou muito grata! Já recebi mensagens lindas, presentes.. mas o carinho de todos é maravilhoso! Só posso agradecer”, finalizou a atleta com gratidão.