Idade ideal para começar a aprender inglês é a partir dos 5 anos

 
Estudo aponta que crianças imersas em ambiente bilíngue nessa fase da vida fizeram mais conexões cerebrais, registraram aumento de massa encefálica e obtiveram maior fluência
A língua inglesa já é destaque, há muito tempo, no cotidiano dos brasileiros. Empresas de pequeno, médio e grande portes consideram o inglês uma ferramenta essencial no ambiente de trabalho, sem mencionar a globalização expondo as pessoas às culturas de países distintos, incluindo os respectivos idiomas e hábitos.
Mãe Sem Frescura - Idade Ideal para Começar a Aprender Inglês é a Partir dos 5 Anos
 
Incentivar as crianças ao estudo de uma língua estrangeira passa a ser não apenas interessante, mas primordial. Como a capacidade de internalização na infância é altíssima, a assimilação de um segundo idioma usualmente seja bem fácil.
Desde cedo, as crianças precisam desenvolver uma infinidade de ações como falar, andar, ir ao banheiro, comer sozinhas etc. Tudo de uma só vez. Especialistas explicam que o cérebro possui condições de absorver incontáveis conceitos com rapidez.

Você sabia?

Especialistas afirmam que a aquisição de outra língua na infância contribui para expandir a criatividade e o raciocínio, e ainda aprimorar a concentração e as habilidades de memória!
De acordo com uma pesquisa divulgada pela University College, de Londres, a melhor idade para a exposição a um segundo idioma compreende a faixa entre cinco e dez anos. Durante a análise, os cientistas avaliaram que aquelas crianças que foram imersas em um ambiente bilíngue nessa fase da vida fizeram inúmeras conexões cerebrais, registraram aumento de massa encefálica, obtendo maior fluência.
Portanto, quem começa a ter aulas de língua inglesa nos primeiros estágios da infância gera excelentes oportunidades de se comunicar com desembaraço e de atingir uma pronúncia perfeita, igual à de um falante nativo.  Apesar disto, o aprendizado pode ocorrer em qualquer faixa etária e, no que diz respeito às crianças, a decisão do momento ideal fica sempre a critério dos pais.
No entanto, as aulas para a crianças precisam ter um dinâmica distinta. Hoje em dia, várias músicas e desenhos animados incentivam o primeiro contato da criançada com a língua inglesa. O curso de inglês do CCAA, por exemplo, promove aulas descontraídas e divertidas, dispondo de uma série de vídeos interativos, desenhos animados, jogos, músicas e também de brincadeiras.

Metodologia

Com mais de 50 anos de credibilidade na área de ensino de idiomas, o CCAA se destaca com metodologia e material didático exclusivos. A proposta é estimular os alunos de modo que pratiquem o novo idioma desde a primeira aula. Eles ouvem, entendem e falam. Depois, leem e escrevem. Assim, conquistam fluência e se expressam com naturalidade.

Confira, agora, por que as crianças aprendem de maneira espontânea e prazerosa:

     A metodologia CCLS (Cultural Center for Language Studies) é eficaz, de fato.
    O áudio das lições é gravado por nativos da língua inglesa, eliminando interferências em relação à pronúncia.
     A forma escrita é introduzida gradualmente.
     O ensino acompanha o estágio escolar.
     O material é próprio, integrado às modernas tecnologias disponíveis no mercado.
No CCAA, o curso de inglês voltado ao público infantil é oferecido a partir dos seis anos.Envolvidas por completo, ao final do Kids´Course, as crianças estão aptas a utilizar o conhecimento alcançado para pedir e dar informações pessoais e de localização, expressar opiniões, perguntar e dizer as horas, falar sobre a natureza, esportes, profissões, entre temas diversos! Elas fixam o conteúdo brincando e sem perceber, potencializando aos poucos as quatro habilidades linguísticas: ouvir, falar, ler e escrever.
Além do curso, a participação dos pais é fundamental no processo de aprendizagem. Eles precisam apoiar seus filhos e os incentivar a todo momento. Caso sintam segurança e satisfação, as crianças tendem a fixar de imediato os conceitos repassados. Então, ajudar os filhos com o dever de casa e permanecer ao lado deles, estimulando-os sempre a ultrapassar os obstáculos, é um fator importante.
Avalie