Como foram os 5 anos com o Mirena (Implante no Útero)? Vale a Pena a Troca?

Em 2010, aderi ao Mirena com dois objetivos: não tomar mais anticoncepcional e não ter mais ciclo menstrual. Conto todos os detalhes sobre o método e as primeiras reações iniciais aqui.

Os 5 anos se passaram e a validade do Mirena acabou.
E aí? Trocar ou não?

Mãe Sem Frescura - Como foram os 5 anos com o Mirena (Implante no Útero) Vale a Pena a Troca

Como foram esses 5 anos de Mirena?

Foram anos sem preocupação, lógico que dá sempre um medinho, porque como não é um medicamento oral, você fica apreensiva no início se está funcionando ou não. Mas, pode ficar tranqüila, porque funciona sim.

O Mirena é um sistema intrauterino que é colocado no útero e libera hormônio para a contracepção, o que vai reduzindo o seu endométrio (camada interna do útero), embora também seja utilizado para outros fins. É preciso de acompanhamento médico, pois a cada 6 meses é necessária a realização de ultrassom para verificar o seu correto posicionamento, pois podem sofrer deslocamentos e expulsões espontâneas, embora comigo não tive qualquer anormalidade.

Quanto ao fluxo menstrual, o volume foi realmente mínimo (sangue mais escuro como no final da menstruação), tinha meses que vinha e a grande maioria não tinha qualquer sinal. Então, os meus dois objetivos foram atingidos, porque também não fiquei grávida neste período.

Muitas questionam sobre o peso, mas para mim não tive qualquer alteração, porque o hormônio levonorgestrel é liberado em baixas doses dentro do útero e conforme fabricante os efeitos colaterais são mínimos, e realmente não tive qualquer alteração durante este período, embora dependa de cada organismo.

Como qualquer medicamento contraceptivo há uma taxa hormonal diária sendo depositada no seu corpo, por isso, além do ultrassom fazia acompanhamento do meu nível hormonal para que estivesse sempre estável e não apresentou nenhuma anormalidade.

Como foi a troca do Mirena?

Como na primeira colocação, a troca foi realizada no hospital. Assim, não senti qualquer desconforto, pois fui anestesiada e só acordei quando já estava com o meu novo implante. O procedimento dura em média 30 minutos.

Durante os 4 primeiros dias tive um leve sangramento (cor de sangue) que depois foi cessado. Já as relações sexuais podem ser retomadas após 24 horas, conforme indicação do fabricante do produto, entretanto por cautela a médica indicou após 5 dias da realização do procedimento de troca.

Quanto custa?

Desta vez, o custo do Mirena e hospital foi de responsabilidade do convênio, embora o valor do produto é próximo a R$ 800,00 + hospital + médicos (ginecologista e anestesista). Como eu digo sempre, o valor pode ser alto, mas se fizer as contas dos gastos com anticoncepcional e absorvente, o valor compensa.

Vale a pena? Eu recomendo?

Sim!!! Com certeza! É realmente outra vida, sem aquela preocupação diária e mensal.

Quer saber mais do Mirena?! Como funciona? Como foi a primeira colocação?
Tem um post completo com todos os detalhes aqui.

Como foram os 5 anos com o Mirena (Implante no Útero)? Vale a Pena a Troca?
5 (100%) 1 vote