Juntos nos Primeiros 1000 Dias de Vida

Mãe Sem Frescura foi convidada pela Nestlé e Revista Crescer para participar do evento “Juntos nos Primeiros 1000 Dias de Vida” que aconteceu na terça-feira (16/09/14) em São Paulo. Os palestrantes convidados Dr. Jayme Murahovschi (pediatra) e a Luciana Mello (cantora e mãe de dois filhos) respondiam as principais dúvidas dos presentes e das pessoas que estavam assistindo em casa (transmissão ao vivo pelo site).

Mãe Sem Frescura - Crescer e Nestlé - Juntos nos primeiros 1000 dias de vida6

Você perdeu a palestra?!
Fique tranquila, aqui você tem acesso a tudo que foi abordado no evento. Confira!

O que são os Primeiros 1000 Dias de Vida?

Em uma das paredes do evento havia o quadro abaixo que explicava a composição dos 1000 dias que contempla os 9 meses de gestação e os primeiros 2 anos de vida do bebê. Dr. Jayme explicou que o ambiente atua sobre o indivíduo por toda a vida, embora seja mais intenso no começo, ou seja, os bebês são mais vulneráveis ao ambiente em que vivem. Ainda comentou que há pesquisas que indicam que a perspectiva de vida já é de 100 anos para esta nova geração.

Quando se deve estabelecer uma rotina para o bebê? A rotina vale para que o bebê durma no seu berço?

Dr. Jayme comentou que a rotina deve se iniciar aos 6 meses com horários para comer, passear e dormir. Ressaltou também que o bebê deve dormir no seu berço e não no colo ou na casa dos pais. Se você não consegue tirar o bebê da sua cama, faça isso de forma gradual. O sofrimento (choro) serão nos primeiros 2 dias, ou seja, o bebê se adapta rápido. Eu já testei este método há algum tempo (confira aqui).

O sono é importante para a criança e para casa. Estabelecer rotina não é fácil, sendo preciso ser firme e não voltar atrás na decisão. Lembrou também que cada família se criar a sua rotina, porque as pessoas não tem vidas iguais.

Luciana Mello também comentou a sua experiência como mãe e ressaltou que o marido não estava preparado para o ritual do seu filho dormir na cama sozinho e ela precisou ser firme na decisão e deu certo. Falou também que choro é algo normal e que é preciso saber conviver em harmonia.

Quais são as mudanças no bebê quando os dentes começam a nascer?

Dr. Jayme citou que os dentes tem os seguintes efeitos nos bebês: eleva a temperatura do corpo, dor na região, leve amolecimento das fezes. No pior momento da dor, indica analgésico, embora não é recomendável que seja dado com freqüência, somente em caso extremo (hora de dormir).

Quando é o momento certo para sair da fralda?

Dr. Jayme falou que não há momento certo para o bebê sair da fralda e eu sou a prova real disso (confira aqui). Comentou que o bebê precisa estar preparado e não é a mãe que resolve e não é preciso ter pressa para isso. Uma dica importante foi que o treinamento funciona durante o dia, embora a noite é preciso ter maturidade.


Quando os bebês entram na escola é comum ficarem doentes? Qual a idade certa para colocar na escola?

Sim, disse o Dr. Jayme. A freqüência de resfriados é extremamente comum quando iniciam na escola ou tem irmãos mais velhos na escola. Esta fase só apresentará melhoras com a maturidade (por volta dos 3 anos).

Quanto a idade para a escola, ele indica que isso ocorra com dois anos e citou a importância da socialização da criança. Antes desta idade, a criança não brinca com outra, ela simplesmente brinca ao lado. Já a Luciana Mello comentou que a filha, que hoje tem 5 anos, entrou na escola com 2 anos.

Como lidar com a “culpa” da mãe que trabalha fora?

As mães se culpam muito por não estarem em tempo integral com os filhos e o pediatra comentou que é importante esta separação entre mãe e filho e faz muito bem para a criança, criando independência. Falou também da frase que sempre comentou aqui no blog “Você é a melhor mãe que o seu filho poderia ter” (confira o post aqui), porque falhas e pequenos erros fazem parte do ser humano e que o ambiente de amor é o mais importante para a criança.

Luciana Mello comentou que em muitos shows a filha de 5 anos está presente, embora conte com os avós para cuidar do menor de 8 meses.

Crise de birra é normal?

Sim, respondeu Dr. Jayme. Aconselhou que o melhor remédio para as crises de birra é ignorá-las e que gradativamente serão reduzidas. Uma dica importante é não comemorar/comentar com a criança sobre o seu término, aja como se nada tivesse acontecido.

Deve-se permitir televisão e games?

O uso deve ser com moderação (confira o post aqui), respondeu o pediatra e não pode ser utilizado no momento de birra da criança. A Luciana Mello contou que permite sim com moderação, embora estimule brincadeiras, desenhos e pinturas, sempre estimulando uma nova atividade.

Como deve ser a alimentação do bebê?

O Ministério da Saúde recomenda que o bebê só se alimente de leite até os 6 meses, embora a partir dos 4 meses pode-se complementar com papinha de fruta e a partir dos 6 meses iniciar a salgada, disse Dr. Jaime. Outra dica dada foi que se a mãe está com dificuldade de tirar o peito para inserir a papinha salgada, deve dar um intervalo maior para que o bebê tenha mais fome e muitas vezes solicitar que outra pessoa dê a alimentação.

Luciana Mello complementou o pediatra dizendo que a alimentação também é educação, ou seja, é preciso ensinar as crianças o que é saudável.

Comer com a mão, pode?

Sim, respondeu o Dr. Jayme, mas se necessário ajude com a colher. Muitas mães ficam preocupadas que o filho não está comendo (eu sou uma delas, confira o post aqui), entretanto o pediatra disse que o que a criança come é o suficiente e para a mãe não se preocupar.

Explicou que há picos de crescimento mais acelerados e outros mais lentos. Até 1 ano de idade, o bebê cresce rapidamente, ou seja, come mais e a partir do segundo ano este ritmo diminui. O apetite volta um pouco antes da puberdade.

É bom cantar para o seu filho?

Sim, respondeu Luciana Mello. Faz muito bem e complementou dizendo que não importa se a sua voz é boa ou não, porque para o seu filho você tem a melhor voz do mundo.


Como se deve estimular o bebê?

Dr. Jayme respondeu que o estímulo é essencial, que o bebê pode ser estimulado quando está trocando a fralda, dando comida, lendo e etc. Disse também que ler livros simples para criança de 2 meses é extremamente importante, como também encarar o bebê e ir movimentando a sua cabeça para que vá seguindo o movimento.

Adorei participar do evento, adquirir mais conhecimento e conhecer pessoas muito especiais (palestrantes, organizadores, jornalistas e blogueiras). Confira as fotos do evento.

Juntos nos Primeiros 1000 Dias de Vida - Mãe Sem Frescura, Revista Crescer e Nestlé
Direita = 1ª foto: eu e Luciana Mello
2ª foto: eu e @rotinademae
Esquerda = 1ª foto: eu, @rotinademae e @demaeparamamae
2ª foto: @lacosmaternos @mommymodeon @mamaedecasa
@mommyslifestylebr @rotinademae @primeirascolheradas @maesemfrescura

Gostou?
Tem dúvidas?
Comente, Curta e Compartilhe!

 

Avalie