Você quer ter razão ou ser feliz?

Muitas vezes deixamos a felicidade de lado simplesmente porque temos razão sobre determinado assunto. Debatemos, debatemos e nada sai do lugar, porque a “razão” é algo mais importante e pronto!
Mãe Sem Frescura - Você quer ter razão ou ser feliz
A famosa frase “Você quer ter razão ou ser feliz?” é uma lição de sabedoria do poeta Ferreira Gullar.

Numa entrevista ao jornal “O Estado de São Paulo” o poeta conta que certa vez, discutiu tanto com sua esposa que num dado momento da discussão, ela se levantou e foi embora. E ele continua dizendo que em sua própria opinião, ele até ganhou a discussão. Ganhou mas não levou, pois ficou falando sozinho. Foi então que ele cunhou a frase: “Não quero ter razão. Quero ser feliz”. (fonte: http://paszkowski.com.br  do Professor Luiz Marins)

Tenho certeza que isso já aconteceu na sua casa, seja com o seu marido, filhos, pais, parentes e amigos, porque você simplesmente queria ter razão. O ser humano quer que o outro concorde com o seu ponto de vista. Não é possível simplesmente respeitar a opinião, tem que ter razão, causando briga, confusão e muito ressentimento.
Você quer ter razão ou ser feliz?
Está em busca da felicidade ou prefere discutir e ter razão?
Esta situação também ocorre no mundo materno, pois os nossos filhos fazem birra na maioria das vezes por brinquedos e achamos que devem entender que o que eles querem não será comprado naquele dia.

Uma situação muito difícil, porque precisamos ser firmes, você fala, fala e muitas vezes até grita, e a criança continua fazendo aquele escândalo. O que fazer? Ficar gritando?

Certa vez comentei isso com a minha terapeuta que falou que estava errada em insistir em algo que o meu filho não entende. Sempre quero falar a realidade e o meu marido acha melhor entrar no mundo da fantasia, contando alguma história que faça com que ele mude de ideia. Sempre adota alguma técnica que na maioria das vezes é infalível, como:
  • tentar mudar de assunto,
  • ligar na loja falando que fechou ou
  • até mesmo falar que em outro lugar o brinquedo é mais legal

As crianças acreditam e logo esquecem, assim, você chega a conclusão que o melhor é ser feliz.

Você quer ter razão ou ser feliz?
Avalie