Passo a Passo da Depilação a Laser

Hoje o post é para aquelas mamães que não agüentam os pelinhos indesejados.
Desde a minha adolescência sonhava com o dia que nunca mais teria pêlos, porque simplesmente os odeio. Você faz depilação com gilete ou cera (sou adepta da cera), e quando menos espera os malditos já estão lá.
Era algo que queria tanto, mas tanto que sempre deixava para depois.
E desta vez, pensei: “Agora é a minha vez”.
Passo a Passo da Depilação a Laser - Mãe Sem Frescura
Quando somos mães acabamos deixando nossos desejos de lado, porque tudo são para os pequenos e nos esquecemos de nós. Estamos sempre empurrando tudo com a barriga. Então, resolvi ser feliz, realizando os sonhos mais ridículos aos mais complexos.
E um dos meus sonhos era fazer depilação a laser, algo caro, mas que a felicidade de ver as minhas pernas lisinhas compensava. Em agosto/2013, fui atrás das empresas e simplesmente fiquei horrorizada com os valores, mas consegui uma promoção.
Antes da primeira sessão pesquisei muito sobre o assunto e o laser escolhido foi o Light Sheer.
Este laser é ideal para quem é branquinha com pelos escuros, ou seja, ideal para mim (tem vários tipos de laser para diversos tons de pele). Pesquise, pesquise e pesquise, porque as empresas querem vender e você acaba caindo na conversa.
Então…
Vamos lá!!!
Antes de fechar:
– Pesquise os métodos apropriados para o seu tom de pele
– Pesquise as empresas, preços e como o método é aplicado na pele
– Teste o produto na sua pele
Antes da 1ª sessão (Método LightSheer):
Se prepare, porque a dor é algo que você nunca sentiu na vida. Dói, mas dói muito. Quem falar para você que não dói está mentindo.
Então se prepare e compre um anestésico local (indicaram o Emla que aprovei) que deve ser passado 30 minutos antes da sessão. Mas, não ache que é porque está usando um anestésico que não terá dor, com certeza terá dor, mas não tão intensa.
Além disso, para o método que eu escolhi é necessário fazer depilação com gilete um dia antes ou no próprio dia, porque o laser captura os pontinhos pretos que ficaram lá dentro da sua pele (e durante o tratamento não se deve fazer depilação que extrai os pêlos pela raiz).
Vá com roupas leves, bem confortáveis, se possível de vestido (mais para frente explicarei o motivo).
Durante a sessão:
A dor será intensa, é como uma queimação na pele. Eu estou fazendo o corpo todo, então prefiro começar pela região que mais dói, porque depois o resto é mais fácil.
Para mim a região mais dolorida é a virilha. Comecei por ela e foi o melhor que fiz.
Não tenha medo, pense nas suas pernas lisinhas e tudo isso valerá a pena.
Após sessão:
Não pense que a dor acabou, porque agora sentirá uma queimação sem fim. Como se tivesse tomado um sol muito forte, principalmente na virilha, e por este motivo que aconselhei ir de roupas confortáveis ou de vestido. Chegando em casa, tome um banho mais frio e passe creme para assaduras que a dor diminuirá.
Lembrando que, durante o processo do laser não é permitido tomar sol, ou seja, passe protetor solar.
É possível que apareçam alguns hematomas na sua pele, o que é normal e que depois de alguns dias sumirão. Na primeira sessão, a minha perna ficou horrível, cheia de bolinhas grandes vermelhas como se tivesse sido picada por um monte de mosquitos.
Após uns 7 a 10 dias, os pêlos começarão a cair, não todos, mas alguns, e por isso, que o processo deve ser repetido todo mês.
Percepção / Resultados:
Quando pensamos em depilação a laser, pensamos em vida sem pêlos, mas não é bem assim. Pelo que pesquisei o laser é o que tem o efeito mais duradouro, mas é preciso realizar manutenções. Hoje ainda não há um método que os elimine para sempre.
Fiz um pacote para o corpo todo (perna inteira, virilha, axila, buço e barriga) que inclui 7 sessões. Já fiz 6 sessões e alguns pêlos ainda insistem em nascer.
A quantidade está bem menor e acho que se fizer umas 10 sessões consiga praticamente eliminá-los. O lugar que acho que está demorando um pouco mais é a virilha, mas a quantidade diminuiu absurdamente. Acho que hoje a redução de pêlos no meu corpo todo foi em torno de 80%, o que é muito positivo.
É um processo chato, demorado, mas que na minha opinião compensa muitoAchei sim que seria mais fácil, mas infelizmente os sonhos tem obstáculos e precisamos ser persistentes para alcançarmos os nossos objetivos.
Qual é o melhor método para você?
(fonte:
Soprano Next Generation
Tecnologia: placa de laser de diodo 810 nm.
Como funciona: libera múltiplos disparos de baixa energia para destruir as células germinativas do bulbo capilar.
Recomendado: para todos os tipos de pele.
Vantagem: pode ser aplicado em todos os tipos de pele, inclusive nas mulatas, negras e bronzeadas.
Desvantagem: causa ligeiro desconforto nas regiões aplicadas.
Contraindicação: gestantes e regiões lesionadas na pele.
N° de sessões: em média, quatro sessões.
Light Sheer Duet
Tecnologia: sete placas de laser de diodo 810 nm distribuídas em duas ponteiras distintas.
Como funciona: um único disparo por vez libera alta energia, sendo que a ponteira maior é fotopneumática, ou seja, faz uma sucção da pele e dispara o laser mais próximo da raiz do pelo, destruindo-o com maior precisão.
Recomendado: para peles brancas e morenas-claras.
Vantagem: áreas extensas como pernas, braços e abdômen são depiladas com mais segurança, rapidez e eficácia, em menos sessões e de forma menos dolorosa.
Desvantagem: pelos brancos e loiros não são eliminados.
Contraindicação: gestantes e mulheres negras ou de pele bronzeada.
N° de sessões: em média, quatro sessões.
Harmony XL
Tecnologia: laser de Alexandrita de 755 nm.
Como funciona: a energia percorre a haste do pelo e destrói as células germinativas do bulbo capilar.
Recomendado: para peles claras.
Vantagem: áreas menores, como sobrancelhas, orelhas e buço podem ser depiladas com mais precisão e menos dor.
Desvantagem: não elimina pelos brancos, loiros e em grandes áreas.
Contraindicação: gestantes, mulheres de pele morena ou negra.
N° de sessões: de 6 a 8 sessões, em média.
Laser ND: Yag
Tecnologia: laser de 1064 nm.
Como funciona: trabalha com alta energia e uma ponteira grande, o que diminui a densidade da energia e o torna um laser seguro, porém, menos efetivo.
Recomenado: para todos os tipos de pele.
Vantagem: a pele morena pode ser depilada com mais segurança.
Desvantagem: pelos brancos e loiros não são eliminados.
Contraindicação: gestantes.
N° de sessões: 12 sessões, em média.
Harmony Long Pulsed
Tecnologia: laser de ND:YAG de 1064 nm.
Como funciona: o laser libera sua energia de forma lenta e constante, garantindo que a célula germinativa do pelo seja destruída.
Recomendado: para todos os tipos de pele.
Vantagem: o aquecimento da profundidade da pele e não da superfície permite que morenas e negras optem pelo método com segurança.
Desvantagem: pelos brancos e loiros não são eliminados.
Contraindicação: gestantes.
N° de sessões: de 4 a 6 sessões, em média.
Fotodepilação (não é laser)
Tecnologia: Luz Intensa Pulsada (IPL)
Como funciona: as luzes emitidas são absorvidas pela melanina presente nos pelos, atingindo o bulbo capilar e destruindo-o.
Recomendado: para peles claras e morenas.
Vantagem: O método é menos doloroso, porque libera menos energia.
Desvantagem: Não é um método definitivo de depilação, é progressivo. Pelos brancos e loiros não são eliminados.
Contraindicação: gestantes.
N° de sessões: de 6 a 10 sessões, em média.
Passo a Passo da Depilação a Laser
5 (100%) 1 vote