Brincando de Engenheiro – Explorando a criatividade

Já citamos aqui no blog diversas dicas de brincadeiras de todos os tipos e para todos os gostos, porque criança precisa e quer muito brincar.
Sou uma mãe que adora brincadeiras mais pedagógicas que é mais a minha praia.
Mas, não é pq a brincadeira é pedagógica que precisa ser chata… acho que tudo precisa ser mesclado com a parte lúdica.
O brinquedo “Brincando de Engenheiro” é excelente, pq desenvolve a criatividade, pensamento lógico e coordenação motora das crianças.
É possível brincar de diversas formas:
– fazer a construção igualzinha da caixa
– cada um põe uma peça e ninguém pode derrubar
– inventar uma forma nova de construção
– etc…
É só usar a imaginação… e ir criando…
O meu pequenino adora… e tenho certeza que os pais brincaram muito com este brinquedo quando era criança.
Então… pq não aproveitar a oportunidade e relembrar os velhos tempos?! Srsrsrs
Mãe Sem Frescura - Brincando de engenheiro
Segue um breve descritivo que consta na caixa do “Brincando de Engenheiro”:
“Possibilita o desenvolvimento do pensamento lógico, da imaginação, da criatividade, das noções espaciais, das relações parte-todo/todo-parte e da coordenação motora.
Modo de Brincar: Brincando de Engenheiro permite a montagem de estruturas arquitetônicas nas seguintes modalidades:
1º – Individual: Mostrar para a criança a foto contida nesta caixa e entregar as peças.
O desafio é fazer a correspôndencia entre o desenho (abstrato) e as peças (concreto), montando a mesma figura.
2º – Individual sem desenho: Entregar as peças para a criança e desafiá-la a montar uma construção baseada em sua visão de mundo.
3º – Brincando em Duplas: Entregar as peças para as crianças.
A regra é que cada criança coloque uma peça por vez.
Nesta modalidade, o resultado é compartilhado.
4º – Brincando em grupos: Entregar um brinquedo completo para cada criança.
Cada uma deverá criar suas construções, baseadas em suas próprias ideias e seguindo percursos independentes.
Os vários resultados individualizados se transformam em novos desafios que envolvem a imaginação das crianças.
5º – Brincando de inventar: Com todas as peças, tanto os pais como professores ou crianças podem criar outras formas de brincadeiras, permitindo que a criatividade se desenvolva.”
Avalie