Espírito de Natal – Doação em Abrigo

 

Este post será sobre o espírito de Natal… que na verdade não deveria ser só no Natal… devemos sempre ter este espírito natalino.

Há 2 anos embrulhei alguns brinquedos do Flavio e comprei mini panetones e dei nas ruas no dia 24 de dezembro… foi uma avalanche de gente em cima do meu carro… eles queriam tudo… fiquei com um pouco de medo, pq surgiu gente correndo do nada, mas foi mto, mas mto gratificante. Valeu a pena!!!

Mãe Sem Frescura - Espírito de Natal - Doação em Abrigo

Este ano queria fazer a mesma coisa… mas, só com os brinquedos do Flavio… ele tem tanto brinquedo que não acho certo ficarem no armário… muitos já passaram da fase dele brincar, e por isso, quero alegrar outras crianças… e o Flavio também precisa aprender a se desprender das coisas… a ter o espírito de doação… Acho isso mto importante…

O Flavio me ajudou a separar os brinquedos e até a embrulhá-los… e o tempo todo fui falando “Vamos dar o presente pro menino”…. já fui preparando a cabeça dele… e deu super certo…

No dia 24 não deu tempo e então… combinamos no dia 25, mas não achei crianças na rua e também nem na idade certa para utilização dos brinquedos, pois o Flavio tem 3 anos. Eu não posso dar um presente de 3 anos para uma criança de 8 anos. Não dá, né?!

Então… o meu esposo falou pra procurar um orfanato… eu já tinha até tentado fazer isso, mas não achei… acho que não tinha procurado direito…

No dia 26 (quarta-feira) procurei na internet e achei um site que tem uma relação de abrigos  e orfanatos por cidade e bairro (http://www.padrinhonota10.com.br/default.asp?Pag=1&Destino=Instituicoes). Liguei em 2 ou 3 abrigos, mas só um tinha crianças na idade do Flavio… e então… agendei a minha visita para a tarde no mesmo dia.

Visitei o abrigo “Menina Mãe” que fica no bairro da Consolação (SP)… é uma ONG sem fins lucrativos que tem ajuda da prefeitura e doações… lá tem adolescentes com filhos pequenos de 0 a 3 anos. Elas moram lá, saem para trabalhar, estudar e as educadores cuidam das crianças neste tempo.

Nunca tinha visitado um abrigo e fiquei com um pouco de receio, mas foi bem tranquilo e o Flavio me acompanhou… queria mostrar pra ele o espírito de doação… o espírito de fazer o outro feliz…

Cheguei lá e a sala tinha umas 5 ou 6 crianças e as outras estavam dormindo… estamos na sala com as suas mães assistindo TV e brincando. As crianças foram super receptivas… já as mães nem tanto, só umas 2 ou 3  que me deram atenção. A visita foi acompanhada por uma educadora do abrigo.

Levei mais de 30 brinquedos e fui distribuindo para as crianças (deixei alguns separados para entregarem depois para as crianças que estavam dormindo)… foi demais… 2 meninos não paravam de me abraçar em forma de agradecimento… pediam pra eu abrir os brinquedos (pois embrulhei em papel de presente pra fazer aquela surpresa)… foi demais… foi melhor do que distribuir na rua, pois na rua os pais querem pegar tudo para esses filhos e no abrigo não… As crianças que pegam e abrem na hora… e vc vê a alegria nos olhos deles… eles me pegavam… queriam colo. Foi Demais!!!! Uma experiência que nunca tive… quero fazer isso mais vezes…

O local estava bem organizado… era limpo e as crianças pareciam bem cuidadas… talvez um pouco carentes… algumas mães abandonam os seus filhos lá… o que é uma pena…

Faça você também!!! Procure uma instituição séria e faça a sua doação!!!
Tudo vale…. o que importa é o seu ato….

Quem quiser conhecer este abrigo… aqui está:

Eu ia tirar fotos, mas não achei o momento apropriado… quem sabe na próxima oportunidade, né?!
Ah… também levei algumas roupas do Flavio e sapatos que não serviam mais, mas essas eu não distribui…

 

Avalie