Oi, Gente!!!

Faz tempo que não escrevo, né?!
É essa correria de Natal e o Flavio cada vez mais sapeca… mas, agora voltei… srsrsrs

Depois que virei mãe mta coisa mudou na minha cabeça… o meu jeito mudou… as minhas idéias… e claro que tudo pra melhor, né?!
Tento levar tudo na esportiva… as artes do Flavio, as discussões de família, o trabalho… o tempo é o melhor remédio… as coisas vão se acertando aos poucos… Deus sempre guia o nosso caminho…

Então… neste Natal queria fazer algo diferente… dar alegria as crianças pobres.
Uns dois anos atrás… vi um carro na véspera de Natal parando na Av. Sumaré (SP) para distribuir presentes as crianças que moravam na rua… achei isso super bonito, mas nunca tive tempo ou talvez iniciativa pra fazer uma coisa dessa.

Só que este ano foi diferente… um dia na cama a noite conversando com o meu marido… tive um estalo na minha cabeça… “este ano que fazer algo diferente… vou ajudar as crianças carentes”.

E foi isso que fiz.
Fomos no mercado e compramos aqueles pequenos panetones, fui na Kalunga compramos as embalagens para embrulhar (saquinhos coloridos) e peguei alguns brinquedos que o Flavio não liga mais e também embrulhei.
Deram 31 presentinhos… nada muito significativo… mas, estava ótimo para começar, né?!
O que importa é a ação e não a quantidade, correto?!

Não sabia onde entregar… pensei em diversos lugares…, mas o meu marido conhece bastante SP e resolvemos distribuir no Glicério (perto de uma igreja evangélica gigante)… lá tem bastante família com crianças… o que realmente eu estava procurando.

Eu estava com um pouco de medo… ai … sei lá, né?!
Dá medo…, mas não íamos descer do carro… deixei tudo no meu pé no banco da frente…

Chegamos lá e já encontramos um menino… buzinamos e ele veio correndo feliz…
Dei um caminhão grande pra ele e um panetone… ele ficou feliz da vida… nem conseguia segurar direito…e falou… olha tem um monte de crianças lá.

Nossa… pronto… veio um monte de gente correndo em direção ao carro… adultos e crianças, mas eu só queria dar pra as crianças… não teve jeito… o nosso carro estava lotado de gente em volta… igual filme, sabe?!

A gente falava é só pra criança… e os adultos diziam… eu tenho 2, 3 filhos… e a gente deu pra todo mundo e não parava de chegar gente… eles pediram até as sacolas que estavam as coisas… foi uma loucura.

Quando acabou… fiquei com medo, mas o meu marido falou… “gente acabou”… e foi o suficiente.
Eles viraram as costas e só algumas pessoas e crianças agradeceram.

Sabe… fiz a minha parte e se Deus quiser todo ano vou fazer isso…
Por mais que muitos larguem os brinquedos depois… pq sabemos que as crianças só ligam para os brinquedos na hora… depois esquecem… mas, fizemos algumas crianças felizes por alguns minutos… e é isso que conta. É isso que importa!!!

Quero repetir todo ano…

Além disso, sempre faço uma limpa nos armários no final do ano… e dou pra pessoas que precisam… normalmente levo na igreja… e este ano não foi diferente…

Uma Boa Ação é tudo… não precisa ser só no Natal… pode ser em pequenos gestos durante o ano todo.

Bjs,

Obrigada pela visita e volte sempre!
Estamos presentes no Facebook, Google + e Instagram. *

Priscila Casimiro *
Mãe Sem Frescura *
www.maesemfrescura.net

Avalie